A história do Livro da Tribo

O embrião do Livro da Tribo começou a ser gerado em 1989, em um sobrado dentro de uma vila no bairro Paraíso, em São Paulo, quando um grupo de sete amigos decidiu realizar a empreitada de um projeto coletivo baseado na autogestão. Vários tipos de empreendimentos passaram por nossas cabeças: hotel, restaurante… e por que não uma editora?

Isso mesmo, uma editora! Afinal, já tínhamos experiência na área, desenvolvendo produções low-tech (com pouca ou nenhuma tecnologia). Afinamos as ideias e começamos
a “parir” o Livro (que ainda não era da Tribo) – uma espécie de caderno/agenda com uma visão libertária sobre a vida, o amor, as relações, a família, as religiões e instituições em geral –
através de frases, poemas e imagens, selecionados de inúmeras fontes e pessoas. Queríamos, a partir de texto e imagem, uma reflexão sobre temas do cotidiano sem deixar de
lado o humor, a irreverência e o lirismo.

No início foi um trabalho praticamente braçal – montagem, impressão em serigrafia, encadernação das capas e acabamento final – uma pequena tiragem de 500 unidades que para a surpresa de todos se esgotaram em menos de uma semana.

Um ano depois, mesmo com a equipe reduzida (três pessoas) o Livro cresceu, a tiragem chegou a 5 mil unidades e recebeu o nome de “Archipelago”. Nessa época, a distribuição era, em grande parte, feita a partir dos integrantes dos grupos de Ludens (trabalho
de dinâmica de grupo baseado em Reich, Gestalt e autogestão) em várias capitais. Vendíamos nos bares, no trabalho, em shows… e como vendíamos! Era uma novidade, não havia nada parecido no mercado. Aliás, as papelarias e livrarias não tinham o menor interesse em um “livro tão diferente”…

Em 1994, outras pessoas aderiram ao projeto. Chegamos a uma equipe de 25 cabeças pensantes. Foi então que surgiu, oficialmente, a Editora da Tribo. Todo o lucro era distribuído para os integrantes. Surgiram outras empresas, associadas à Tribo, que cuidavam da distribuição em: Porto Alegre, Brasília, Rio de Janeiro e Salvador. Archipelago – dizíamos porque era um conjunto de ilhas separadas pelo que as une. Nossas diferenças eram o que nos separava, e também nos unia.

Ao longo de mais de 20 anos e sobrevivendo a sucessivas crises econômicas, a Editora produziu, além dos livros, cadernos, índices telefônicos, livro de poesia, cartões postais, adesivos, colantes, capas em nylon, pôsteres e camisetas. Mas isso não é tudo. Ainda temos projetos a serem produzidos.

Os tempos mudaram e a forma de fazer o Livro da Tribo (LT) também. Hoje, os sócios trabalham em São Paulo, São José do Rio Preto e Brasília,  terceirizamos alguns processos e nos dedicamos ao conteúdo. Essa é a fórmula que deu certo para espalhar poesia de
qualidade com ideias e bom humor.

Mas o Livro da Tribo é um caminho de mão dupla. Em troca, esperamos a participação do leitor: concordando, discordando, criticando… interferindo! Durante essa jornada produzimos mais de um milhão e meio de livros e o processo de cada edição foi e continua sendo apaixonante!

O que é e para que serve

Quem folheia o Livro da Tribo percebe imediatamente que ele tem formato de agenda. A diferença é a presença de ilustrações e textos curtos, dia a dia. Por outro lado, raramente, você verá uma pessoa parada lendo uma agenda que ainda não tem anotações, e isto acontece muito com o LT. Vários leitores o apreciam como livro ou revista, e não anotam nada em suas páginas – o prazer é descobrir, diariamente, o que a obra propõe. Vale inclusive correr até a data de aniversário para ver o que aquela página reserva. Agendas também não têm numeração em suas páginas, mas a presença de mais de 100 autores torna obrigatório o uso de numeração para que você possa localizar rapidamente, através do índice, os textos de uma determinada pessoa.

Outros leitores anotam pensamentos, intimidades, seus próprios voos literários. Ou frases de terceiros. Para estes o LT é usado como um diário pessoal, um espaço para o devaneio e para a emoção. E, claro, muita gente usa como agenda, mesmo, com anotações práticas entremeadas com poemas, lirismo e humor. Porque ninguém é de ferro!

Para adquirir o Livro da Tribo acesse: www.livrodatribo.com.br

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s